Carregando

Carregando - Soprano

Cotação

0

Solicitação de Orçamento

Você adicionou um item à sua solicitação de orçamento:

Adicione itens para continuar.


Resumo da sua solicitação de orçamento


Qtd. Produto Código

Quase lá! Informe seus dados para finalizar a solicitação:


Sua solicitação foi enviada com sucesso!

Fique atento ao seu e-mail, em breve você receberá o retorno do seu orçamento.

Downloads

0

Meus downloads

Faça download dos arquivos selecionados.

Adicione itens para continuar.

Quase lá! Informe seus dados para finalizar a solicitação:


Download concluído

Casa

Segurança e Proteção

Tecnologia

Mola aérea: dispositivo que vai otimizar a abertura e fechamento da porta do seu cliente

Saiba como mostrar todas as funcionalidades desse importante dispositivo de fechamento, destacando aos consumidores as suas características, vantagens e modelos


Muito mais que um simples dispositivo de fechamento, a mola aérea é uma ferragem que permite melhorar as funcionalidades de uma porta. Além de controlar a velocidade de abertura e permitir um fechamento suave e silencioso, a mola resolve problemas de fortes impactos e ajuda a aumentar a segurança e evitar acidentes.

 

Controladoras da velocidade de abertura de uma porta e, ao mesmo tempo, responsáveis por um fechamento automático, suave e silencioso, as molas aéreas cumprem uma importante função no dia a dia. Nesse sentido, é um dispositivo quase imperceptível, mas indispensável para a privacidade, conforto e segurança dos usuários.

 

Mas há outras vantagens e funcionalidades desse produto que você precisa conhecer para ajudar os seus clientes que pretendem adquirir uma mola aérea na sua loja. Até porque uma boa apresentação do produto ajuda a movimentar a mercadoria, renovando seu estoque e resultando em boas vendas e clientes satisfeitos.

 

Ficou curioso? Pensando nisso, reunimos o nosso time de especialistas e montamos um material especial para você saber todos os detalhes das molas aéreas para portas. Acompanhe!

 

Mola aérea: saiba mais

A mola aérea, também conhecida como mola hidráulica, atua para manter a porta fechada automaticamente logo após a sua abertura. Com isso, otimiza o tempo de abertura e fechamento das portas e resolve diversos problemas que interferem negativamente no dia a dia das pessoas. Nesse sentido, alguns desses problemas são fortes impactos ou ajusta o fechamento em locais com forte correnteza do ar, por exemplo.

 

Além disso, elas são ideais para aplicações em portas externas e internas de escritórios e edifícios comerciais e residenciais, mas também em locais com portas de tráfego leve, como:

·     Banheiros 

·     Cozinhas 

·     Áreas de serviço

·     Sala de reunião, entre outros. 


Ou seja, adaptável em diversos ambientes e em portas de diferentes materiais. Além disso, os motivos mais comuns dos clientes procurarem uma mola aérea são:

 

·     A porta está batendo bruscamente;

·     A porta fecha muito lentamente;

·     Porta ficando aberta desnecessariamente;

·     Porta de vidro está fazendo barulho ao fechar;

·     Porta de vidro está raspando no chão.

 

Vantagens da mola área para as portas

Instalada em cima da porta, a mola aérea não é um acessório, mas sim uma solução inteligente e útil para o ambiente. Sendo assim, a sua principal função é coordenar a abertura e o fechamento da porta, permitindo que ela feche delicadamente e de maneira automática e sem fazer barulho.

 

Além disso, há modelos no mercado que permitem a regulagem de fechamento de 90º a 15º e de 15º a 0º por meio de válvulas independentes. Nesse sentido, a sua utilização também é reversível, ou seja, pode ser instalada em portas com abertura tanto para a direita como para a esquerda.

 

Outro benefício é o design do dispositivo, que também foi pensado para ser arrojado com versões com acabamento nas cores prata, branco, preto e ouro. Ou também na versão blistada, um diferencial na hora de embalar o produto e disponível no mercado.

 

Mas as suas facilidades vão além disso. Conheça mais:

 

· Segurança: 

As molas aéreas permitem o fechamento automático da porta, ou seja, elas nunca ficarão abertas por esquecimento ou de maneira proposital. Dessa forma, a segurança do ambiente ficará reforçada. 

Além disso, em algumas edificações com intensa movimentação de pessoas, a recomendação é que seja realizada a instalação de equipamentos ou sistemas desenvolvidos para a segurança das pessoas. Assim, evita o surgimento de situações que possam causar riscos aos moradores, funcionários, visitantes e clientes ou prejuízo com os bens patrimoniais.

 

· Climatização do ambiente: 

Em locais com ar-condicionado, é chato quando alguém passa e deixa a porta aberta, não é? A temperatura do ambiente fica comprometida, além de resultar em mais consumo de energia no ar-condicionado. Por isso, a utilização de uma mola aérea é uma grande solução para locais climatizados;

 

· Evita acidentes: 

Porta batendo é um problema, ainda mais em locais onde a força do vento é mais intensa. Ou seja, os riscos de acidentes, sustos com batidas bruscas e prejuízos com danos na porta são grandes. Todos esses problemas são resolvidos com uma mola aérea adequada para a sua porta.

 

Outra função importante, que ganhou força em tempos de pandemia, é que as molas aéreas evitam que as pessoas tenham contato para o funcionamento da porta. Assim, não precisa que alguém use as mãos para tocar no equipamento. Dessa forma, as molas aéreas já fazem parte dos itens imprescindíveis no comportamento das pessoas - o novo normal ao qual estamos cada vez mais nos acostumando.


Força das molas aéreas: ajude seu cliente a escolher a mais adequada

O cliente já sabe quais as vantagens de uma mola aérea, mas não tem conhecimento sobre para que servem os diferentes modelos existentes no mercado? E também não sabe se o produto pode ser instalado em qualquer tipo de porta? Você vai ajudá-lo nessa etapa esclarecendo todas as dúvidas sobre o dispositivo.

 

Nesse sentido, a principal informação que o consumidor deverá levar em conta na hora de adquirir uma mola aérea é a força que ela precisará ter para puxar ou fechar uma porta. Isso porque no interior da mola (no corpo do produto) existe uma mola helicoidal com espessura e tamanho diferente para cada força da mola.

 

Ou seja, cada modelo de mola aérea possui uma especificação diferente que atende o tamanho e o peso da porta do cliente. Sendo assim, quanto maior for o peso da porta, maior ou menor deve ser a força da mola.

 

Por exemplo: uma porta com dimensões de 1100x2400 e peso de até 90kg, há um determinado modelo de mola à disposição no mercado. Já uma porta com tamanho 1000x2300 e peso de até 65kg, a mola deve ser outra. Assim como também há versões para portas menores, com dimensões aproximadas de 850x2100 ou 900x2100 e peso de até 45kg.

 

Além desses exemplos, o catálogo de molas aéreas inclui modelos com força ajustável, que são mais robustos e indicados para aplicações especiais e conforme a necessidade do consumidor, por suportarem portas mais pesadas, de até 150kg.

 

Além do tamanho e peso da porta, outro fator que influencia no desempenho da mola (que precisa ser do conhecimento do cliente) são as características do local onde ela está instalada. Pode não parecer, mas se o ambiente possui muito vento, por exemplo, isso exigirá aumento da força necessária para a mola realizar a sua função de fechamento da porta e um funcionamento pleno do produto. Faça esse alerta para o consumidor!

 

E quais tipos de portas permitem a instalação de uma mola aérea? A resposta é: todas. Estamos falando de um dispositivo versátil, que pode ser aplicado em portas de diferentes materiais, como madeira, vidro, aço, alumínio.

 

É por isso que a recomendação é que um técnico avalie a mola correta para cada tipo de porta. Assim, esse profissional poderá visualizar o sentido de abertura e fechamento do equipamento, além de definir onde a mola deve ser instalada.


Agora que você já conhece quais são os modelos de molas aéreas e como aplicá-los nos diferentes tipos de portas, separamos uma lista com perguntas e respostas com mais orientações para que você possa fazer ao cliente quando ele estiver procurando pelo dispositivo. Assim, fica mais fácil chegar exatamente ao item que ele deseja, auxiliando o seu cliente na jornada de compra.

 

· Qual é o material da porta? 

Lembrando que as molas aéreas podem ser aplicadas em diferentes tipos de porta, como madeira, vidro, aço, alumínio.

 

· Quais são as suas dimensões e peso?

Esse é o fator principal, o que diferencia os modelos de molas. Nesse sentido, o cliente precisa saber quando procura pelo produto. Até porque, quanto maior for o peso da porta, maior ou menor deve ser a força da mola.

 

· Onde a porta está localizada? 

É importante saber onde a porta que receberá mola aérea está inserida - se é em um ambiente externo ou interno. Você pode destacar com o seu cliente que o dispositivo pode ser instalado nos dois ambientes, uma vez que fatores como o clima não interferem no bom funcionamento do produto em si.

 

· O local recebe influência do vento? 

Neste caso, considerando o funcionamento da porta, é preciso levar em consideração o clima. Isso porque locais com muito vento exigem mais força da mola. Ou seja, na hora de adquirir, é necessário levar em conta o peso e o tamanho da porta e a influência do vento. Um profissional com conhecimento na área pode auxiliar nessa etapa.

 

· O fluxo de pessoas é leve, moderado ou intenso? 

Você pode informar ao cliente que as molas aéreas são amplamente testadas para atingirem, no mínimo, 300 mil ciclos. Ou seja, os modelos disponíveis suportam locais com os diferentes tipos de fluxo, tanto leve, como médios ou mais movimentados. Entretanto, o produto é mais indicado para ambientes com movimentação leve ou moderada. Locais com grande fluxo de pessoas não necessitam de um dispositivo como esse.

 

Mola aérea para porta de vidro: um caso especial 

Podendo ser aplicada nos mais variados tipos de portas, as molas aéreas ganham mais destaque quando são instaladas em portas de vidro - que passaram a ser uma peça cada vez mais frequente em residências e escritórios. Até porque elas permitem a entrada da iluminação natural, sem contar que proporciona uma beleza única para o ambiente.

 

Entretanto, é também mais vulnerável aos acidentes com portas batendo, por exemplo. Por isso que a mola aérea para porta de vidro é a solução perfeita para evitar problemas, danos e acidentes. Assim, garantem mais praticidade e renovam a vida útil da porta do seu cliente. Inclusive, a própria mola tem alta durabilidade e não dará problemas ou dores de cabeça.

 

Além disso, a principal vantagem da mola aérea para portas de vidro é que ela pode ser fixada sem a necessidade de fazer furos na porta – um transtorno a menos no serviço de instalação do produto. Isso é possível porque o dispositivo é encaixado na porta com o auxílio de um suporte especial, feito em aço, que alivia o atrito entre a porta e a mola aérea. Nesse caso, os furos que seguram a ferragem são feitos no entorno da porta.

 

Ou seja, o cliente que optar por uma mola aérea não precisará comprar uma outra porta de vidro e poderá fazer a implantação do dispositivo naquela que ele já tem. É um processo muito mais simples quando comparado às molas de piso (leia mais abaixo).

 

Outra vantagem é o ajuste. Há modelos exclusivos no mercado com um sistema único de regulagem, pois seu braço com dois fusos permite ao instalador efetuar a regulagem da mola sem a necessidade de retirar a porta. Ou seja, é possível regular a pré-carga de força para fechamento sem a necessidade da retirada do braço que já foi instalado.

 

Veja como funciona na imagem abaixo:


 

 

Além disso, você pode recomendar ao cliente que ele use um amortecedor de portas a fim de preservar a mobília e aumentar ainda mais a durabilidade da porta.

 

Diferença mola aérea e mola de piso

Há duas possibilidades de ferragem para um fechamento automático e suavizado em portas de vidro: as molas aéreas e as molas de piso. Saiba a diferença entre elas e descubra porque a mola aérea traz mais benefícios para o seu cliente.

 

Mola aérea

·     Hidráulicas, são facilmente instaladas na parte superior da porta;

·     Não precisam de recorte ou furação no vidro;

·     Permitem a instalação em portas já instaladas;

·     Possibilitam a abertura para ambos os lados;

·     Há modelos no mercado com sistema único de regulagem, com um braço que permite o ajuste da mola sem que seja necessário retirar a porta;

·     Diferentes opções de acabamento.

  

Mola de piso

·     Geralmente, são hidráulicas, ou seja, controladas pela entrada e saída de óleo da câmara da mola;

·     Na maioria dos casos, é necessário recortar o piso para a instalação;

·     As molas de piso são encaixadas na ferragem da porta, o que obriga o recorte do vidro;

·     São mais visíveis e interferem na aparência da porta.

 

Instalação de mola aérea: confira em texto e vídeo

Quer descobrir como as molas aéreas não são complicadas de serem instaladas? Elas são acompanhadas de um gabarito que permite entender melhor onde instalar o equipamento e onde fazer os furos para fixação da mola. Nesse sentido, a orientação é que você procure um profissional qualificado para tornar o processo mais rápido e sem complicação.

 

Separamos um passo a passo para você aprender como funciona. Também preparamos um vídeo especial que explica como fazer. Acompanhe!

 


 

Passo a passo para instalação em portas de madeira ou metal

O kit com o produto vem com a mola aérea, um conjunto de braço para mola aérea, uma tampa do eixo, um kit de parafusos de fixação (para porta de madeira e porta de metal), além de um gabarito com manual de instruções.

 

Além disso, antes de começar, você precisará separar algumas ferramentas especiais. São elas: 

  • Chaves de boca de 10mm e 14mm; 
  • Chave de fenda; 
  • Chave Philips; 
  • Martelo; 
  • Punção; 
  • Fita adesiva;
  • Uma furadeira e broca de 4,5mm.

 

  1. O primeiro passo é verificar se a aplicação da mola será para porta de abertura à esquerda ou à direita. 
  2. Após, posicione o gabarito na porta, alinhando a marcação com as frestas e prendendo o gabarito com a fita adesiva. 
  3. Em seguida, munido com o martelo a punção, faça a marcação dos furos da mola e do braço, puncionando sobre o gabarito nos locais indicados. 
  4. Na sequência, após retirar o gabarito, faça as furações sobre os locais puncionados. 
  5. Agora, pegue o corpo da mola, observando os parafusos das válvulas de regulagem e direcione-os para as dobradiças da porta. 
  6. Em seguida, fixe o corpo da mola utilizando os parafusos que acompanham o kit com o produto.
  7. Após, pegue o conjunto de braço da mola e fixe-o sobre o corpo. Utilize o parafuso indicado para essa aplicação. 
  8. Com uma chave de boca de 10mm, aperte bem o parafuso. Ainda com a chave de boca de 10mm, retire o parafuso da articulação que mantém os braços unidos. 
  9. Em seguida, prenda o suporte do braço junto ao marco superior da porta, utilizando o mesmo tipo de parafuso do corpo da mola.
  10. No próximo passo, você deve regular a distância do braço e una-os novamente através do parafuso da articulação que foi retirado anteriormente. Lembrando que a mola aérea possui regulagem de curso em ambos os lados, sem a necessidade da retirada do braço, que já está instalado.
  11. Após, regule a pressão do braço, de forma com que a porta fique completamente fechada. Esse sistema permite aliviar ou aumentar a força do fechamento. Como existe uma gama grande de portas de diferentes pesos, pode acontecer de portas mais leves precisarem de menos força de fechamento que outras. Por isso pode se trabalhar na força dela. 
  12. Em seguida, com uma chave de boca de 14mm, contra aperte as porcas do braço regulável.
  13. Por fim, fixe a tampa do eixo sobre o corpo da mola (a vedação da tampa da mola é uma etapa fundamental ao final da instalação: ela protege o produto da oxidação, principalmente em ambientes externos e regiões, como o Litoral).
  14. Com isso, é hora de regular a sua mola. Após a instalação, é normal que a porta se feche com muita rapidez. Para ajustar isso, pegue uma chave de fenda e inicie a regulagem pela válvula S (denominada Closing), que regula a velocidade de fechamento da porta de 125° até 25°. Após, regule o impulso final pela válvula L (denominada Lactching) que regulará a velocidade de fechamento da porta de 15° até 0°.

 

Pronto. A sua mola aérea está instalada e pronta para o uso.

 

Boa parte dos problemas em molas hidráulicas acontece por erros na instalação. Os mais comuns são:

 

·     Instalação da mola desnivelada ou fora de prumo em relação à porta;

·   Uso de ferragens (eixos para molas de piso, braços de apoio para molas aéreas) inadequadas, de fontes não confiáveis;

·     Instalação da porta com dimensões ou peso não suportados pela mola;

·     Ajuste malfeito da força e das válvulas;

·     Retirada dos parafusos que regulam a velocidade.

 

Diante desses problemas, podem ocorrer problemas como velocidade de fechamento desregulada, barulhos durante a movimentação da porta ou desgaste da mola.

 

Falando nisso, outra questão que o cliente não precisará se preocupar é com a manutenção da mola aérea, que dificilmente apresenta problemas e se credencia como um ótimo investimento a longo prazo. Sem chance de dar erro!

 

Quando algum problema ocorre, normalmente, é porque ela foi instalada de maneira incorreta. Assim, mesmo com a mola, ela ainda poderá permanecer aberta desnecessariamente ou ainda ser fechada de maneira brusca e podendo provocar sustos e prejuízos.

 

Além da instalação errada, pode ocorrer de o clima alterar a densidade do óleo utilizado no produto. Ou seja, influenciar negativamente no resultado esperado com a mola aérea. O dispositivo usa o óleo para sua manutenção e esse detalhe faz toda a diferença na vida útil do sistema.

 

Além disso, algumas molas no mercado utilizam óleo mineral com viscosidade controlada justamente para suportar alterações de temperatura ambiente, reduzindo assim as variações na velocidade de fechamento da porta. Fique atento!

 

Sendo assim, ao perceber que, mesmo realizando a aplicação do óleo para manutenção, a mola aérea para a porta continuar apresentando problema, é necessário chamar um técnico para conferir a instalação.

 

Conheça nossas soluções em molas aéreas

A Soprano trabalha com dois modelos de molas aéreas: A300 e A530. O diferencial dos produtos é que eles possuem um sistema único de regulagem, pois seu braço com dois fusos permite ao instalador efetuar a regulagem da mola sem retirá-la da porta. A mola A300, com força fixa 2, é ideal para portas de aproximadamente 900x2100/até 45Kg.

 

Já o modelo A530 está disponível em três versões, que variam conforme força, peso e dimensões da porta: com força fixa 2 para portas de aproximadamente 850x2100/de 25 a 45Kg; com força fixa 3 para portas de aproximadamente 1000x2300/de 40 a 65Kg; e com força fixa 4 para portas de aproximadamente 1100x2400/de 60 a 90Kg. Essas são as específicas para aplicação em portas de vidro.

 

São quatro possibilidades de acabamento: prata, branco, preto e ouro.

 

Aprendeu como funciona? É muito mais fácil vender um produto quando se sabe todas as suas características e benefícios, não é mesmo?

 


 

Confira nossas soluções de molas aéreas aqui!

Publicado por Soprano, dia 08/10/2020

Ficou com alguma dúvida?

Fale Conosco